Como escolher uma panela que não prejudique a sua saúde

Você sabe quais critérios avaliar na hora de escolher a panela que você vai cozinhar?


Selecionamos os modelos mais conhecidos e fizemos uma avaliação dos prós e dos contras, para você escolher o tipo de panela que mais se adequa ao seu estilo e, principalmente, que não vai prejudicar a sua saúde.



Panela de alumínio: o tipo mais barato. O problema é que o alumínio presente na panela vai

sendo liberado em pequenas quantidades ao longo do uso. E esse alumínio é considerado

tóxico para o nosso organismo,estando relacionado a doenças neurodegenerativas, como

Alzheimer e também com o desenvolvimento de câncer. Deviso a isso, este é um tipo de panela que deve ser evitada.


Panela de inox: tem como vantagem o rápido aquecimento e boa distribuição do calor. Isto diminui o tempo de preparo dos alimentos, gerando uma economia no gás. Por outro lado, alguns alimentos acabam grudando, por isso é uma panela que exige um tempo de adaptação. Ela não solta nenhuma substância nos alimentos e possui boa durabilidade.


ATENÇÃO: algumas panelas de inox podem conter níquel em sua composição, que assim como o alumínio, é outro metal tóxico ao nosso organismo. Por isso é importante verificar esta informação na embalagem da panela no momento da compra.

Panela de ferro: traz benefícios a nossa saúde, pois o ferro transferido aos alimentos é benéfico para tratamento de anemias. Porém a sua manutenção exige cuidados, pois ela pode enferrujar facilmente.


Panela de cerâmica: alto custo, são fáceis de limpar, antiaderentes, não liberam substâncias nos alimentos e conservam bem o calor. É importante ficar atento a tinta utilizada na panela, pois algumas marcas utilizam chumbo e cádmio na composição da tinta. E isso é tóxico para o nosso organismo. Outra desvantagem além do custo, é que ela demora mais para aquecer e isso gera um consumo de energia maior.


Panela de vidro temperado: não possui nenhuma contraindicação. Ela é fácil de limpar, conserva bem o calor e não transfere nenhuma substância para os alimentos. A desvantagem é que ela pode quebrar e é difícil de ser encontrada.


Panela de barro: assim como a de cerâmica, ela demora mais para aquecer. Mas uma vez aquecida, ela conserva mais o calor. A limpeza é mais trabalhosa.


Panela de pedra sabão: libera importantes minerais para o nosso organismo, como magnésio, cálcio e ferro. A principal desvantagem é que por ela ser porosa, precisa de atenção especial na limpeza.


Panelas de titânio: são as mais modernas e mais caras, e as vantagens são inúmeras. Elas não liberam substâncias aos alimentos, são resistentes, conservam bem o calor e são antiaderentes.


Gostou? Agora você tem informações suficientes para fazer a melhor escolha!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo